sexta-feira, 9 de maio de 2008

Ora nem mais!


EXISTEM DOIS TIPOS DE PESSOAS NO MUNDO *

As pessoas a evitar:
porque te atrapalham; porque te magoam; porque te assustam; maltratam; porque te querem mal; porque te fazem sentir mal; porque simplesmente não te fazem sentir; porque não te querem; porque já as quiseste; porque não são nada; ou são pouco; porque já foram muito; porque te invejam; porque não te seduzem; porque são indesejáveis, desprezíveis; porque te traem; porque não sabem fazer sexo nem amor; porque são demasiado ridículas ou banais; porque fogem; porque sorriem quando estás em baixo; porque te põem em baixo; porque te ignoram; porque fingem; porque matam; porque te vão matando; porque são apáticas, antipáticas, falsas; porque apenas deixaram de ser (...)

E as pessoas que gosto: porque as amo; porque sorriem; porque me abraçam; porque me beijam; e me querem; porque estão sempre lá; porque lhes telefono; porque me acenam quando passo por elas; porque passam por mim e me olham nos olhos; porque se deixam descobrir; porque são interessantes; porque são divertidas; porque têm uma palavra amiga e me apoiam; porque me estendem a mão; porque me compreendem; porque me dizem "bom dia" e "dorme bem"; porque sonham; porque vivem; porque me lambem o pescoço; porque me contam os seus segredos; porque posso falar durante horas; porque choram comigo e me confortam; porque me dão vontade de as mimar; porque têm apertos de mão convictos; porque acreditam; porque são ambiciosas; lutadoras; porque têm objectivos; porque sabem que eu existo, e ficam felizes por isso; porque fazem juras para a vida; porque envelhecem comigo; porque me insultam razoavelmente; porque têm sentido de humor, porque me fazem apaixonar, querer viver; porque não me aborrecem; porque estão ao meu lado; porque me fazem atingir orgasmos inacreditáveis; porque me fazem suspirar, arfar; porque me põem na Lua e me trazem de novo a Terra; porque me fazem sonhar; porque as admiro; porque voam comigo; porque são deliciosamente atenciosas; porque me fazem temer que algo lhes aconteça; porque lhes tenho orgulho; porque as respeito e admiro; porque me seduzem e se deixam seduzir; porque me amam..... porque SIM!

2 comentários:

flávia disse...

E depois exigem os outros, que não sabemos se são uma coisa ou outra.

Gostei muito e espreitei a fonte ;-)

flávia disse...

Correcção: "e depois existem os outros, ..."