quarta-feira, 30 de abril de 2008

Lugares Comuns

" O problema não és tu, sou eu."


4 comentários:

Anônimo disse...

...which in 2008 translates by: "o problema és (mesmo) tu, não sou eu!"

Bruno Marques disse...

É normal aplicar-se esta frase quando queremos acabar uma relação e não temos motivo aparente. Aliás, até podemos ter mas não o queremos dizer abertamente. Não que eu tenha experiência em terminar relações...

flávia disse...

Pois para mim o problema é sempre dos outros. Sou uma avis rara LOL

Bruno, usual até pode ser, agora "normal"? Só para os anormais (e n te estou a insultar pois como disseste n tens experiência nisto ;-))

Jorge Rita disse...

é um caso tipico que foge ao tipico atirar de culpas para os outros. Estou a falar da expressão...naturalmente. :)